SÉRIE: VINYL

04:44


Criado por: Martin Scorsese, Mick Jagger (2016)
Com: Bobby Canavalle, Olivia Wilde, Ray Romano e mais
País: EUA
Gênero: Drama, Musical
Status: Em produção
Duração: 59 minutos

Sinopse: Passada durante a revolução da indústria musical americana da década de 1970, Vinyl conta a história de Richie Finestra (Bobby Cannavale), um empresário que tem que lutar para salvar sua gravadora, a American Century Records, sem destruir ninguém pelo caminho. A empresa está em maus lençóis, mas um acontecimento restaura seu amor pela música, ao mesmo tempo que prejudica sua vida pessoal.
A esposa de Finestra, Devon (Olivia Wilde), já viveu uma vida glamourosa como atriz e modelo, mas agora vive com as crianças na casa da familia no subúrbio. As turbulências na vida do marido a levarão a voltar a suas raízes boêmias.
Zak Yankovich é o braço direito de Finestra na American Century, e suas relações profissionais foram responsáveis por grande parte do sucesso da empresa. Mas os dois homens parecem discordar fundamentalmente na forma de gerir a empresa, o que leva a conflitos frequentes.


O simples fato de Vinyl, a nova série da HBO, ser produzida por Mick Jagger, Martin Scorsese e Terence Winter e se passar na Nova York dos anos 70, já deveria ser um grande - e suficiente - motivo para todos os apaixonados por séries e cinema quererem devorar todos os episódios.


A série começa no ano de 1973, um ano de muitas mudanças no mundo da música e também do surgimento das primeiras bandas punk. Ricchie Finestra ( Bobby Canavalle) está prestes a vender a sua gravadora, a American Century para a Polygram, um grupo alemão. Porém tem uma série de acontecimentos que o fazem repensar e ele no ultimo instante não assina a venda, o que deixa os seus sócios indignados num primeiro momento. A partir daí, começa a luta para conseguir algo novo, diferente de tudo que já tinha no mercado, para reerguer a companhia.
O primeiro episódio da série tem duração de quase duas horas, e quase daria um filme. Eu achei muito extenso de início, porém quando comecei a assistir acontece tanta coisa no primeiro episódio que você só pode esperar que os outros episódios sejam incríveis também. E com certeza são, os episódios seguintes te prendem do início ao fim e retratam muito bem o mundo da música naquela época, a black music e as bandas punk e o fato de retratarem a realidade das gravadoras e artistas na época e colocar alguns artistas que realmente existiram torna a série cada vez mais interessante.


Ricchie Finestra tem uma personalidade muito forte e eu adoro. Dá pra perceber o quanto o ator Bobby Cannavale se entrega ao personagem! A cada episódio gosto mais desse protagonista. Finestra é um personagem muito determinado, ele quer que a gravadora saia do buraco e não vai medir esforços para isso, o que o torna um tanto ousado e inconsequente. É um personagem cheio de energia e muito estourado, ele não se conforma com a situação da gravadora e pressiona a todos os sócios e funcionários a buscarem algo novo e surpreendente, muitas vezes tomando medidas drásticas quando não o conseguem. 
Ele está passando por uma fase muito complicada na sua relação com sua esposa, Devon (Olivia Wilde), que era atriz e modelo, mas largou tudo ao se casar com Ricchie e se tornar mãe. As atitudes de Ricchie estão decepcionando Devon cada vez mais, um dos maiores problemas tem sido ele ter voltado a usar cocaína, o que ela não aceita mais. A crise financeira aliada a crise no casamento está tornando a relação dos dois insustentável, porém ainda se amam muito.




Vinyl pra mim é uma das melhores séries lançadas recentemente, já viciei e quero ver muito mais dela! Os atores estão fazendo um trabalho incrível, dá pra perceber o quanto estão se entregando aos personagens, e contribuindo para o sucesso da série. Além do cenário musical, também retrata questões sociais, como a segregação racial e a libertação feminina, além de tudo mostrando de perto os bastidores da música, essa montanha-russa que era na época e Mick Jagger vivenciou. 

Sem mais spoilers haha a série passa todos os domingos a meia noite na HBO. No Stremio (falei sobre ele aqui) também já tem. E você, acompanha também? Está gostando? Me conta sua opinião nos comentários!


Kisses

Você também poderá gostar de:

0 comentários

.